O período de volta às aulas começa a se aproximar e com ele um momento de apreensão para as famílias.

Por parte das crianças que não querem que as férias terminem e, por parte dos pais, que se preocupam se os filhos estão preparados para as mudanças que vão surgir pela frente.

Uma solução que muitas famílias encontram para auxiliar no processo de adaptação escolar é a presença de animais de estimação em casa, em especial os cães.

De acordo com pesquisas do Centro de Nutrição e Bem-Estar Animal WALTHAM(R), parte da Mars Petcare, eles nos oferecem
uma sensação de apoio social e tendem a nos motivar e transmitir a sensação de calma.

Além do fator de diminuição de estresse, os estudos de WALTHAM(R) também demostraram que a presença de cães em sala de aula pode ser positiva visto que alunos da pré-escola apresentaram uma melhora em suas habilidades motoras, de comunicação e até de leitura, pois ao que parece, os pets geram uma motivação para o aprendizado e para a execução bem-sucedida de tarefas.

Outro ponto a favor da presença dos cães na transição escolar é
que eles contribuem na redução de comportamentos extremos apresentados nesse período, como a agressividade e o isolamento. Condutas que podem ser muito comuns entre crianças e adolescentes em tempos de mudanças e, portanto, todas as possibilidades para facilitar essa época devem ser ponderadas.

Sabendo disso, a Mars Petcare firmou parceria com duas escolas dos Estados Unidos (Steindorf Steam School, em San Jose/Califórnia, e com a Chelsea Academy, em Front Royal/Virgínia) para comprovar como os pets podem contribuir e facilitar a transição de crianças para uma nova escola.

Os resultados foram incríveis e destacam o poder dos animais de estimação para reduzir o estresse, aliviar sentimentos de ansiedade social e ajudar as crianças a se conectarem com os novos colegas estudantes.

O Vice Presidente de Marketing da Mars Petcare nos Estados
Unidos, Craig Neely, reforça que “as ​​habilidades dos animais de
estimação e o impacto positivo que eles têm em nossas vidas são notáveis e, no caso desta parceria, ajudando a tornar os primeiros dias em uma nova escola menos estressante e intimidante para uma criança”.

Na Steindorf Steam School, o aluno Etienne contou com a presença do seu cachorro Milo. Já na Chelsea Academy, o aluno Nate foi acompanhado pelo seu cão Buddy durante seu primeiro dia de aula.

“Uma grande reviravolta como mudar de escola pode ser um enorme desafio para as crianças e afetar seu desempenho estudantil e bem-estar emocional”, destaca Bernardine Clark, Diretora da escola Chelsea Academy. “Adoramos a ideia de receber os cães de nossos novos alunos em seus primeiros
dias para ajudar a tornar a transição o mais tranquila possível.”

Antes de seu primeiro dia na nova escola, Etienne, do sexto ano na Steindorf Steam School, ficou apreensivo. “Eu estava me sentindo muito nervoso e achei que todo mundo ia tirar sarro de mim porque eu era uma pessoa nova na escola.” Como o cão Milo estava lá, Etienne relatou que se sentiu mais seguro e confortável. “Milo às vezes lambia a minha mão, me dizendo que ele está sempre lá para mim”, ressaltou ele.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.