Hoje, dia 1º de novembro, é Dia do Veganismo e amor pelos animais pode se estender a uma dieta sem animais e subprodutos animais. Mas para gatos e cães a dieta vegana não traz benefícios para a saúde e pode ser muito insegura.

“Sou vegetariana há 30 anos. E posso dizer com muita confiança que é muito inseguro alimentar com dietas vegetarianas ou veganas os animais de estimação ”, afirma Lisa M. Freeman nutricionista veterinária certificada e professora da Universidade Tufts.

“Não há benefício para a saúde, exceto em casos muito específicos em cães com certas doenças específicas. Pode haver um pequeno número de situações em que podemos usar uma dieta vegana em um cão com uma condição médica, mas, caso contrário, não há benefício para a saúde.”

“Uma das razões pelas quais uma pessoa pode adotar uma dieta vegetariana é reduzir o risco de doença cardíaca. Sabemos que a principal doença cardíaca nas pessoas é doença arterial coronariana ou aterosclerose ”, explica ela.

“Cães e gatos não têm essa doença. Portanto, comer uma dieta vegetariana ou com pouca gordura não beneficia essa doença em particular e uma dieta vegetariana ou vegana pode aumentar o risco de outras doenças cardíacas em cães e certamente em gatos. Portanto, é realmente importante não adaptar a nutrição humana  para nossos animais de estimação.”

Os gatos gostam mesmo é de caaaarne!

Especialmente os gatos tem necessidade altas taxas de proteína animal em sua dieta diária, até mais do que cachorros.

Graminhas e catnip são exceções bem vindas pelo papel que cada uma dessas ervas exerce na vida do seu gato.

A procura das graminhas é um hábito adquirido na vida selvagem e transmitido por instinto aos gatinhos domésticos.

Quando os gatos ainda caçavam passarinhos, as ervas do estômago de suas caças vegetariana eram ingeridas junto com sua carne.

O que ajuda muito a digestão dos gatos, pois a fibra desses vegetais um pouco já digeridas pelo passarinho auxilia no caminho que as bolas de pelo tem que fazer pelo aparelho digestivo dos gatos.

Já o catnip age como um “narcótico” apenas para os gatos. Dá uma sensação de euforia seguida de relaxamento.

Consulte o veterinário sobre qual a melhor dieta para o seu animalzinho baseada nas características pessoais dele.

Biotipo, hábitos, doenças genéticas e adquiridas podem ser decisivas na escolha de qual tipo de ração ou mesmo alimentação natural.

Com informações do Yahoo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.