Turmalina e Madalena

Andando logo apos anoitecer no setor Criméia Leste, encontramos pela primeira vez uma ninhada de gatos.
Já tinhamos Pitágoras e Musa.
Pensamos, brincamos com eles e decidimos leva-los, eram 4.
Três pretinhos(duas fêmeas e um macho) e uma rajada cinza.
Passamos pela tristeza de perder o macho pretinho e a rajada. Ficaram fraquinhos, foram piorando e infelizmente não aguentaram.
Turmalina e Madalena ficaram em casa esperando um adotante. O tempo se passou. Decidimos nós mesmos adota-las.
Mais tarde, próximo da época em que castramos Pitágoras, Madalena emprenhou dele.
Dos 4 pretinhos que nasceram, dois machos foram adotados juntos, para viverem no mesmo lar. Sobraram duas fêmeas, que estão esperando adoção até hoje, Petrolina e Cafeína, as duas com 4 anos.

Em dezembro de 2015, infelizmente nosso Lar foi atacado de madrugada e em nossa ausência. Já era domingo, dia 22 , quando encontramos a Turmalina estendida na calçada do vizinho, totalmente fria e estática. Levamos para o veterinário, às 4 horas da manhã e ela sobreviveu. No entanto, os exames comprovaram que ela havia levado um tiro de chumbinho e a bala ficou alojada na coluna. Os médicos disseram que ela teria apenas 1% de chance de voltar a andar novamente, sem a possibilidade da retirada da bala por cirurgia.

Mas ela está aqui, firme e forte, anda de carrinho auxiliar, só não pula, mas adora ser a diferentona da casa.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.